Fomentos do Agronegócio

A expansão do agronegócio depende de soluções de financiamento para sua efetivação. A partir das diversas alternativas torna-se realidade o crescimento esperado, muito além do simples repasse do custeio agrícola.

Como exemplo tome-se o agricultor, que apesar de sempre quitar suas obrigações financeiras passadas, aumentar seu patrimônio, safra após safra, tem a liquidez comprometida, o que limita ou até veda a obtenção do custeio agrícola, e mais ainda, de outra linha de financiamento.

Entretanto, diversas outras alternativas para financiar o agronegócio existem, podendo ser criadas operações estruturadas, que mesmo sem a liquidez exigida pelos bancos repassadores do crédito agrícola, o capital pode ser fácil e rapidamente liberado para o preparo do plantio, da compra de animais e máquinas, e até para simples reforma de pastos.

Um bom exemplo dessas alternativas está na Cédula do Produto Rural – CPR, conhecida dos agricultores, mas pouquíssimo utilizada no cotidiano do agronegócio diante das possibilidades (Leiam: http://trivialjuridico.com.br/?p=450). Esse título é extremamente útil, podendo ser utilizado de diversas formas, tendo lastro superior aos títulos mais usuais do mercado. Em 2012 a Bunge lançou esses títulos no mercado secundário, circularizáveis, sob a forma de Certificados de Recebíveis do Agronegócio – CRAs (vejam em: http://trivialjuridico.com.br/?p=509), fazendo uso pouco comum no universo dos agricultores, mas conseguiu levantar R$ 90 milhões de reais na primeira emissão dos títulos, superando em 150% as expectativas iniciais de interesse dos investidores.

Outro exemplo está nas operações de compra de maquinário agrícola, que podem ser financiadas diretamente por bancos de fomento dos países de origem do fabricante, que no caso dos EUA, já operou com taxas de 2,5% a.a. Essa operação pode ser feita diretamente pela revendedora do maquinário.

Assim, inúmeras são as alternativas aplicáveis ao agronegócio brasileiro, que alcançou o patamar de primeiro mundo em volume de produção, mas está extremamente atrasado no tocante aos incentivos e subsídios operacionais do negócio.

Comments are closed.